9 cuidados para viagens corporativas internacionais

9 cuidados para viagens corporativas internacionais

Viagens corporativas são uma ótima oportunidade para o seu negócio, por diversos motivos. Uma gestão correta de todos os itens que envolve uma viagem corporativa são fundamentais para isso. Há a possibilidade de lucro a médio prazo, novas oportunidades de negócio e novas fontes de renda para a empresa, que não necessariamente são vislumbradas enquanto permanecemos voltados apenas para ela, sem sair do lugar.

As viagens corporativas internacionais são uma oportunidade a mais, tanto para a empresa, quanto para os colaboradores. Os funcionários tem a possibilidade de ampliar seus contatos pessoais e da empresa. Além disso, traz novas pessoas ao seu círculo e, com isso, faz com que as oportunidades de negócios e crescimento da companhia ampliem-se.

No entanto, é preciso observar diversos fatores. Porque toda viagem corporativa traz riscos. Quando se fala em viagens corporativas internacionais, esses riscos aumentam. Há a barreira do idioma, diferenças culturais, além de diversas dificuldades logísticas que podem surgir como imprevisto ao longo do caminho.

Os cuidados ao investir em viagens corporativas internacionais

Agora que você já sabe porque investir em viagens corporativas internacionais, precisa entender quais são os pontos a serem levados em consideração. Listamos abaixo uma série deles:

Gestão e planejamento

Este é, possivelmente, o item mais importante a ser considerado ao investir em viagens corporativas internacionais. Isso porque é ele quem vai determinar o sucesso ou fracasso de todo o resto. A gestão significa detalhar tudo: logística, horário da viagem, os objetivos da ação, os meios de transporte a serem utilizados, entre outros.

Além disso, deverá constar, ainda, os imprevistos possíveis. Assim, a equipe estará mais preparada para lidar com eles, caso haja a necessidade. Tudo isso deve ser pensado e planejado com antecedência para evitar erros e desgastes desnecessários.

Visto

Há países que exigem a apresentação de visto para a entrada. É preciso que o planejamento inclua a necessidade ou não, para se programar com antecedência, quando possível. Em alguns casos, a burocracia envolvida para a obtenção desse documento é demorada.

Passaporte

Para viagens internacionais, é preciso ter o passaporte com pelo menos seis meses de validade. Muitas vezes, as pessoas não verificam a validade do documento, e acham que estão em condições de viajar. Verifique isso com antecedência.

Documentos

Além de seus documentos pessoais, também é importante verificar a documentação necessária no outro país, como tickets de hotel e passagem. Em alguns casos, a imigração pode exigir esses itens, o que facilitará sua entrada no país.

Vacinas

Há países que exigem determinadas vacinas para ingressar nele. Vacinas como a da febre amarela são bastante comuns, dependendo do destino. Verifique com antecedência se as suas estão em dia, e tenha isso comprovado.

Uso da tecnologia

Em muitos países, a tecnologia será um aliado, e você terá ela ao seu alcance, com o uso do wi-fi, por exemplo. No entanto, isso nem sempre será simples. Verifique sempre os planos de internet para saber como acessar tudo fora do país.

Variação de câmbio

A variação do câmbio é outro fator importante a ser considerado. Claro que nem sempre será possível evitar a oscilação. Em alguns casos, com a viagem planejada com antecedência, você pode se preparar melhor para isso. E existem questões que podem ajudar você a prever essas variações mais bruscas, como eventuais crises políticas ou econômicas no país de destino. É importante sempre estar atento às movimentações e ao que acontece no mundo, para estar sempre preparado.

Ajuda especializada

Existem empresas no mercado voltadas especialmente para o trabalho com viagens corporativas. Caso não haja tempo ou pessoas preparadas para fazer essa gestão, você pode optar por procurar uma ajuda especializada, já que existem custos extras envolvidos, além de uma atenção maior às necessidades específicas durante viagens corporativas internacionais.

Política de viagens

É uma dica que vale tanto para viagens nacionais quanto internacionais, mas no caso da segunda pode ser ainda mais importante, por conta dos custos envolvidos. É fundamental que haja uma política de viagens, para saber quais são os transportes preferencialmente usáveis, o que é ou não reembolsável, relatórios de atividades, entre outros. Isso vai padronizar os deslocamentos e facilitar a vida da empresa e dos funcionários envolvidos.

A Tour House é uma das maiores TMCs do Brasil e pode ser sua parceira na organização de viagens corporativas em âmbito internacional e nacional. Clique aqui e confira todos os serviços que a sua empresa pode contratar para melhorar o desempenho do setor de viagens corporativas.

Pensando em auxiliar o gestor nesse processo, principalmente na redução de custos, oferecemos o KIT Gerenciamento de despesas em viagens corporativas. São dois materiais completos para entender gerir as despesas e reduzir seus custos com viagens corporativas.

 

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.