Como lidar com a variação de câmbio antes da viagem corporativa?

Como lidar com a variação de câmbio antes da viagem corporativa?

Avaliar as variações de câmbio antes da viagem corporativa é uma ação que deve fazer parte de todo o processo de planejamento e gestão. Afinal, contando com todos os gastos que já envolve o deslocamento de uma equipe de funcionários, não se pode perder dinheiro, não é mesmo?

Além do câmbio, é importante estar atento às cotações mínimas e máximas, que podem apresentar mudanças em questão de horas. Todas essas variantes do campo econômico podem influenciar diretamente na organização da sua viagem. Para auxiliar no entendimento, separamos uma breve explicação sobre cada uma.

As taxas cambiais podem variar por diversos motivos. O mais comum é regido pela lei de oferta e procura, caracterizando o câmbio flutuante. Uma moeda que se encontra comumente nessa situação é o dólar, cujos preços chegam a variar de duas a três vezes em um curto espaço de tempo, dependendo do dia.

Neste contexto, é importante ter uma separação clara em mente:

  • Cotação – seja ela mínima, média ou máxima, trata-se do valor que um título atinge em determinado período. É o valor de qualquer ativo em oferta de compra ou venda no mercado;
  • Câmbio – envolve a operação financeira que consiste em vender, trocar ou comprar valores em moedas de outros países.

Além da procura e da oferta, outros fatores podem abalar diretamente a variação do câmbio, como, por exemplo, questões macroeconômicas ou geopolíticas.

Só para exemplificar: a libra esterlina sofreu clara desvalorização desde a consolidação do Brexit, movimento separatista que reivindicou um novo cenário socioeconômico para o Reino Unido.

Qual impacto da variação do câmbio na viagem corporativa?

Em se tratando de uma viagem ao exterior, a variação cambial deve ser monitorada desde os primeiros passos da gestão da viagem corporativa, sendo levada em conta desde o primeiro momento: o planejamento.

O câmbio, como mostramos acima, é um aspecto que muda todos os dias. Diante das múltiplas opções de troca, as dúvidas mais comuns giram em torno de como garantir o melhor preço no câmbio e como saber o melhor momento para realizar a operação.

Mas como isso afeta a organização da viagem corporativa? Os impactos são diversos e vão desde o planejamento de gastos da empresa até a cota diária que cada funcionário tem a gastar no país de destino em meio ao deslocamento.

Ciente das dúvidas e dificuldades que podem surgir em um momento tão determinante quanto esse, resolvemos separar algumas dicas para ajudar você a fazer escolhas inteligentes na hora de lidar com o câmbio e planejar uma viagem corporativa.

  • Pesquise e acompanhe as variações cambiais – para evitar qualquer surpresa ou problema relacionado à organização da viagem, torna-se fundamental acompanhar os altos e baixos do câmbio no período que antecede à viagem. No site do Banco Central há um ranking interessante que calcula as variações cambiais em tempo real.
  • Planeje o quanto pretende gastar – fazer um planejamento prévio de gastos ajuda muito a mensurar os custos e como administrá-los durante a viagem. Acredite: o destino da viagem e a moeda local podem influenciar totalmente na elaboração do planejamento da viagem.
  • Mapeie onde o real não é valorizado – ao viajar para esses países, é mais vantajoso trocar o real por dólar no Brasil e, chegando ao país de destino, fazer o câmbio do dólar para a moeda local. Dessa forma, é possível minimizar a chance de perder dinheiro.
  • Saiba onde realizar o câmbio para a viagem – o lugar que você escolher para realizar o câmbio pode influenciar completamente no resultado final da transação. Nesta etapa, é ideal fazer uma comparação das condições oferecidas por bancos e corretoras para encontrar a melhor opção.

Contar com uma empresa especializada para fazer a gestão das viagens corporativas pode ser uma boa solução, à medida que se pode ter maior segurança em relação a um planejamento adequado, análise dos gastos e melhores alternativas para as operações cambiais.

Entre em contato para conhecer os serviços da Tour House, agência especializada em oferecer a melhor experiência para os viajantes e economia para a sua empresa.

Pensando em auxiliar o gestor nesse processo, principalmente na redução de custos, oferecemos o KIT Gerenciamento de despesas em viagens corporativas. São dois materiais completos para entender gerir as despesas e reduzir seus custos com viagens corporativas.

 

 

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.