Economia e viagens: como o cenário atual afeta os planos?

Economia e viagens: como o cenário atual afeta os planos?

Toda empresa que possui negócios, clientes ou outras filias fora da cidade-sede sabe que as despesas com as viagens corporativas ocupam boa parte do orçamento. Quando há um volume maior de viagens, é fundamental se atentar ao gastos para que a administração dos custos não dificulte ainda mais a gestão.

De acordo com levantamento da Global Travel Business Association (GBTA) o Brasil é líder no segmento de viagens corporativas na América Latina. As previsões dão conta que, até 2019, o crescimento das viagens corporativas nos países latino-americanos será de 5.9% ao ano. A GBTA concluiu que, apesar das incertezas econômicas a nível mundial, os gastos com viagens a negócios crescem em todos os países, inclusive no Brasil.

Um dado recente da Associação Latino Americana de Gestores de Eventos e Viagens Corporativas (Alagev) mostrou que entre 60% e 70% das viagens que acontecem no País são corporativas, sendo o restante motivadas pelo lazer. Pensar a relação entre economia e viagens é uma tarefa desafiadora mas, de acordo com a associação, trata-se de um mercado em plena expansão e um setor altamente rentável.

Uma pesquisa por amostragem com 90 das mais de 200 empresas sócias da Alagev mostrou que elas gastaram, em 2017, R$ 64 milhões com 486 mil viagens domésticas. As mesmas empresas que responderam o questionário voluntariamente gastaram R$ 33 milhões com 6 mil viagens internacionais.

A pesquisa mostrou que 52% dos viajantes são funcionários de empresas de serviços, seguidas por indústrias, que respondem por 43%, e o comércio com a menor fatia, 5% das viagens corporativas. A maioria das empresas tem sede no Brasil (52%) e 30% ficam na Europa com filiais no Brasil.

Economia e viagens: ponderações sobre o cenário atual

Ao falarmos sobre economia e viagens, não devemos deixar de mencionar a recuperação da atividade econômica no Brasil e o consequente aumento das vendas no setor de viagens de negócios, entre hotéis, agências de turismo e organizadores de eventos.

As viagens e eventos corporativos são uma boa forma de engajar a equipe em torno dos objetivos da empresa e oferecer oportunidades únicas em termos de experiência e qualificação profissional.

Viagens a negócios movimentaram, no primeiro trimestre do ano passado, aproximadamente R$ 3 bilhões em venda de passagens aéreas, diárias de hotel, locação de veículos e eventos. O volume representou um aumento de 10% com relação ao ano de 2016, de acordo com dados divulgados pela Associação Brasileira de Agências de Viagem Corporativa (Abracorp).

O Produto Interno Bruto (PIB) registrando altas consecutivas após períodos de recessão não deixa de ser um indicativo de uma melhora na economia. E a conquista desse fôlego, por sua vez, representa um maior investimento, por parte das empresas, na qualificação e consolidação de seu mercado para além de seus limites. As viagens corporativas, neste caso, podem configurar uma boa forma de alavancar os negócios.

Apesar da economia dar sinais de recuperação, controlar gastos ao planejar as viagens corporativas segue sendo essencial. A redução de custos e despesas ainda é pauta na maior parte das empresas, sobretudo quando o assunto são as viagens corporativas. Economia e viagens, neste ponto, tem tudo a ver. Para maximizar os resultados, é ideal otimizar os custos e evitar ao máximo gastos por impulso.

Ao contar com o suporte de agências especializadas, é possível obter grande auxílio na tarefa de reduzir custos. Realizar inúmeras cotações em busca das melhores condições, e planejar o roteiro da viagem de forma a economizar gastos, é uma das prerrogativas da atuação de empresas especializadas como a Tour House.

Conheça nossos serviços e simule a potencial redução de custos que sua empresa pode ter ao firmar parceria com uma agência especializada em viagens corporativas.

É hora de unir dados para detectar onde sua empresa pode ECONOMIZAR. Faça o download do e-book “Como o Business Intelligence auxilia na Gestão de Viagens Corporativas” e tenha acesso a um material completo para aplicar o BI nas viagens da sua empresa.

Businenn Intelligence em viagens corporativas

 

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.