5 dicas essenciais de segurança para mulheres em viagens corporativas

5 dicas essenciais de segurança para mulheres em viagens corporativas

Nos dias atuais, estar atenta às questões que envolvem sua segurança é fundamental para qualquer mulher. No entanto, quando o assunto são viagens corporativas, a atenção deve ser redobrada.

Isso porque, diferente de quando você realiza viagens de turismo, em que é possível preparar-se com muita antecedência e planejar cada deslocamento, as viagens corporativas podem surgir de última hora.

No entanto, algumas dicas simples, porém eficazes, ajudam a garantir o sucesso da sua viagem corporativa. Assim, você fica livre para preocupar-se somente com seus compromissos profissionais.

Quer conhecê-las? Então acompanhe a leitura e boa viagem!

As 5 dicas essenciais para mulheres em viagens corporativas

1. Entenda a cultura local

Mesmo que a viagem seja repentina e você tenha pouco tempo para se preparar, é essencial reservar alguns minutos — pode ser no caminho até aeroporto ou enquanto aguarda o embarque, por exemplo — para entender um pouco mais sobre a cultura local.

Conhecer hábitos e costumes do destino para onde você está viajando pode ajudá-la a se livrar de uma série de desconfortos.

Enquanto em alguns países, especialmente na Europa, mulheres viajando sozinhas sejam comuns e os deslocamentos bastante seguros, em outros, como no Oriente Médio, podem haver regras de conduta e vestimentas rígidas e a circulação em alguns ambientes é pouco habitual ou mesmo proibida para mulheres.

Lembre-se de que, independentemente das suas convicções pessoais, desrespeitar os costumes locais pode ser perigoso ou até ilegal. Dessa forma, uma boa pesquisa sobre os costumes do seu lugar de destino pode  garantir que a viagem transcorra com tranquilidade.

2. Tenha sempre à mão telefones de emergência

Embora a maior parte das viagens corporativas aconteça sem qualquer tipo de imprevisto, é importante estar precavida contra eventualidades ou contratempos.

Antes de viajar, elabore uma lista com telefones de emergência, como da polícia e da sua seguradora de viagem, e números que podem ser úteis em diversas situações, como o do seu contato no destino, do hotel onde você está hospedada e de prestadores de serviço: locadoras de veículos, agentes de viagem e tradutores, por exemplo.

Se possível, mantenha todas essas informações não só no celular, mas também em uma agenda ou bloco de anotações, que poderão ser consultados em caso de perda ou furto do aparelho.

3. Não utilize soluções improvisadas

Em viagens corporativas, passagens, hospedagens e transfers costumam estar meticulosamente organizados pela agência de viagem para garantir comodidade e segurança.

Por isso, evite optar por soluções improvisadas em locais desconhecidos, mesmo que esteja com pressa: jamais utilize, por exemplo, ônibus, táxis ou qualquer meio de transporte que não sejam oficiais no país.

Se houver qualquer imprevisto, fica mais difícil localizar e responsabilizar esses condutores ou mesmo exigir providências legais.

4. Evite deslocar-se sozinha à noite

Embora alguns países ofereçam excelentes condições de segurança, é sempre uma boa ideia evitar deslocar-se sozinha à noite em viagens corporativas para não correr riscos desnecessários.

Se não estiver viajando com colegas de trabalho e for utilizar o transporte local para conhecer um pouco mais da cidade após os compromissos profissionais, por exemplo, procure viajar em vagões de trem ou ônibus com outros passageiros.

Mantenha-se sempre em locais movimentados, evitando estações de metrô, ruas e avenidas desertas. Se isso acontecer repentinamente, uma boa ideia é buscar um estabelecimento comercial seguro e chamar imediatamente um táxi.

5. Viaje com pouca bagagem

Além de dificultar o deslocamento, viajar com muita bagagem aumenta a vulnerabilidade a furtos e roubos em viagens. Mulheres costumam ser os alvos preferidos de assaltantes porque, ao menos teoricamente, teriam menor força física para reagir durante uma abordagem.

Quando percebem que a pessoa está preocupada em administrar um número maior de bagagens, esse perigo dobra, já que a atenção ao que está acontecendo no entorno diminui e as chances de reação se tornam praticamente nulas.

Por isso, leve o mínimo de bagagem possível e certifique-se de que ela é de fácil transporte. Se precisar de ajuda no aeroporto ou em locais públicos, peça auxílio somente para funcionários do local ou carregadores credenciados.

Como você pode ver, cuidar da sua segurança em viagens corporativas não é tão complexo. Seguindo essas dicas básicas, você evita uma série de contratempos e pode cumprir sua agenda profissional com tranquilidade.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.