Como a variação de câmbio influencia nas passagens aéreas?

A variação de câmbio costuma afetar viagens internacionais, especialmente as corporativas. Esse tipo de mudança pode ocorrer em questão de horas, tornando tudo mais confuso. Como é impossível controlar a cotação, compreender o funcionamento das alterações figura como algo fundamental para fazer o dinheiro render mais.

Afinal, são muitas as variáveis econômicas capazes de influenciar a organização de uma viagem. Por isso, é essencial se planejar. Quer entender mais sobre o assunto? Então continue com a gente e acompanhe o conteúdo a seguir!

O que é a taxa de câmbio?

O câmbio consiste na operação financeira que rege a compra, a venda ou a troca de moeda de um país pela de outro. Ou seja, a taxa de câmbio é o custo de uma moeda estrangeira em relação à nacional. Então, se US$ 1 custa R$ 4, a taxa de câmbio é de R$ 4.

Em geral, as passagens internacionais têm preços em dólar americano. E aí vem outra dúvida: qual cotação é usada, comercial ou turismo? Cada tipo de dólar indica a natureza da operação. Enquanto a cotação comercial é usada em contratos de importação, exportação e outros, a turismo se refere à negociação da moeda para viagens.

O dólar turismo costuma ser mais caro que o comercial. Isso porque quem determina a taxa de câmbio é o próprio mercado, e a cotação comercial leva vantagem devido ao fato de movimentar quantias bem maiores que a turismo. Então, fique sempre de olho na cotação turismo para identificar a melhor oferta.

Além disso, é importante se concentrar no preço de venda da moeda. A cotação para a compra é a que as casas de câmbio pagam quando alguém vende moeda para elas. E é justamente por isso que esse preço é menor que o de venda.

Como as passagens são afetadas?

Como o preço das passagens aéreas internacionais é sempre cotado em dólar, para avaliar se um valor está bom ou não, é fundamental saber quanto elas valem na moeda americana. Afinal, há um reajuste diário de acordo com a cotação do dia anterior. Veja, a seguir, que fatores influenciam nos preços das passagens.

Taxa de câmbio

Naturalmente, com a variação cotidiana do preço do dólar, as passagens sofrem aumentos e quedas diariamente. Em geral, de um dia para o outro a diferença é pequena, mas quando se trata de meses ou anos, percebe-se grandes variações.

Origem das empresas aéreas

A maioria das empresas aéreas que opera no exterior é estrangeira. Portanto, mesmo que o preço de um bilhete seja mantido em US$ 800 dólares ao longo do tempo (até mesmo durante anos), a variação no Brasil ocorre sempre que o dólar oscila. Com as alterações mais substanciais experimentadas recentemente, será comum encontrar preços pouco convidativos em reais.

Demanda

Apesar da manutenção do preço ao longo dos anos, quando o dólar americano se valoriza, há queda na demanda. Isso faz as companhias aéreas oferecerem pequenos descontos nos preços em dólares. Por outro lado, esse desconto pode ser quase imperceptível, em especial quando o valor é comparado em reais a anos anteriores.

Custos

Todos os custos desse tipo de operação são computados em dólares. Então as companhias aéreas não podem acompanhar a variação negativa de outras moedas. Isso explica o fato de que os descontos são limitados e, geralmente, não atraem quem está em busca de passagens com preços similares aos de um ou dois anos atrás.

Em resumo, a variação de câmbio consiste em um dos principais aspectos a serem observados quando se está à procura de passagens aéreas. É importante observar sempre o preço em dólar para saber se um bilhete está ou não com desconto.

E você, quer economizar com esse tipo de compra? Então, continue com a gente e aprenda como escolher a melhor agência de viagens para empresas!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.