Trabalho remoto: saiba como garantir a produtividade em viagens

Durante uma viagem corporativa, a empresa e o colaborador buscam um objetivo em comum: alcançar resultados da melhor maneira possível. Atingir essa meta envolve uma boa organização e a capacidade de manter a produtividade no trabalho remoto — ou seja, quando o profissional está longe do ambiente físico do escritório.

Trabalhar remotamente significa lidar bem com a administração do tempo, ter metas definidas e enfrentar as distrações. Além do mais, é preciso estar atento também ao excesso de serviço, já que a liberdade para estipular os próprios horários é maior e isso pode acarretar em muitas horas extras.

Apesar do desafio, garantir a produtividade nas viagens está longe de ser uma tarefa impossível. Confira estratégias que ajudam a conquistar o rendimento pretendido!

Traçar um planejamento de tarefas a serem desenvolvidas

É importante que o colaborador saiba quais são as tarefas a serem desempenhadas durante a viagem. Muitas vezes, a principal delas costuma ser clara. Participar de uma determinada reunião ou palestra, por exemplo. Entretanto, é comum haver uma falta de clareza sobre como aproveitar melhor o tempo restante.

Para que não haja uma sensação de muito tempo livre por conta da ausência de atividades, o ideal é que algumas metas sejam estabelecidas com antecedência. Deixe claro quais são os objetivos da viagem e as tarefas que a empresa espera que o profissional realize. Dessa forma, é possível alinhar as expectativas.

Utilizar as ferramentas adequadas para a realização do trabalho

Pensar nos meios para que o colaborador consiga ter um bom aproveitamento é fundamental quando o assunto é produtividade. Isso inclui disponibilizar um ambiente propício — reservar uma hospedagem que conte com estrutura para trabalho remoto ou alugar um espaço de coworking, por exemplo.

Também é preciso garantir as ferramentas certas. O profissional precisa ter à sua disposição os elementos necessários para trabalhar, como notebook, smartphone e boa conexão de internet, quando necessários.

Além disso, existem ferramentas digitais capazes de contribuir para uma boa produção e facilitar a atuação, tanto da empresa quanto do profissional. É o caso dos softwares e aplicativos de gestão de projetos e compromissos. Com eles, é possível listar tarefas, anotar compromissos, estipular prazos conjuntamente, compartilhar arquivos, entre outros recursos.

Facilitar a comunicação com a empresa

A empresa precisa ter a segurança de conseguir entrar em contato com o colaborador quando for necessário. Isso viabiliza a troca de informações sobre tarefas e faz com que mensagens urgentes e mudanças de planos sejam transmitidas com mais velocidade. Sendo assim, o mais interessante é estipular as formas de comunicação antes mesmo da viagem.

Se o trabalho remoto for realizado no exterior, esteja atento ao fuso horário e defina com o colaborador os horários em que ele deve estar disponível. Depois disso, outra medida importante é decidir por quais meios o contato deve acontecer. E-mails, telefonemas e videoconferências são bons recursos para tornar essa interação mais fácil e prática.

Registrar os horários trabalhados

O controle sobre as horas trabalhadas durante a viagem corporativa é um registro muito útil para a empresa. Ele contribui para medir o tempo efetivo de serviço do colaborador, o que torna mais eficiente a avaliação de seu rendimento remoto. Além do mais, também é possível fazer um comparativo do tempo trabalhado com os resultados alcançados, otimizando planejamentos de viagens futuras.

Para registrar os horários, o ponto eletrônico virtual é a alternativa mais certeira. No entanto, para um controle menos rígido e para reduzir custos, softwares de monitoramento de tempo podem ser boas opções.

Com disciplina e atenção especial a essas estratégias, as chances do colaborador manter a produtividade e do trabalho remoto ter um ótimo rendimento são muito maiores. Combinando esses dois pontos, o resultado é uma viagem corporativa de sucesso, capaz de trazer resultados eficientes para a empresa.

Gostou do artigo? Então assine a nossa newsletter e continue recebendo conteúdos valiosos para as viagens corporativas da sua empresa!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.