Saiba por que é tão importante contratar um seguro de viagem - etrip

Saiba por que é tão importante contratar um seguro de viagem

As viagens corporativas devem ser realizadas com todo o planejamento possível, levando-se em consideração vários aspectos, como transporte, alimentação, hospedagem e outros itens que permitirão que o viajante desempenhe sua missão da melhor forma possível. E dentro desse pacote, o seguro de viagem deve estar incluso, independentemente da duração da viagem.

No post de hoje vamos falar sobre esse assunto e você irá descobrir como funciona e por que essa forma de prevenção é tão importante para que a viagem tenha sucesso.

Como funciona o seguro de viagem

O seguro de viagem é uma espécie de plano de saúde temporário, funcionando como uma garantia de indenização para diversas situações, incluindo acidentes e doenças.

Ele é válido somente pelos dias da contratação e está limitado às normas especificadas em contrato. Geralmente, ele é contratado para viagens internacionais, mas também pode ser contratado para viagens nacionais, pois mesmo que o viajante já tenha um plano de saúde com cobertura nacional, o seguro também pode cobrir algumas situações extras, como o extravio de bagagem, por exemplo.

Na hora de contratar um seguro para a viagem corporativa, é importante ficar atento a uma sutil diferença, mas que pode significar muito para os viajantes e suas respectivas empresas: existe seguro de viagem e assistência de viagem.

Enquanto no seguro de viagem o viajante paga todas as despesas do próprio bolso e depois solicita o reembolso à seguradora (dentro dos limites financeiros estabelecidos em contrato), na assistência viagem, o atendimento é todo arcado pela seguradora contratada, dentro dos limites estabelecidos em contrato.

Na prática, se o viajante contratou uma assistência viagem e precisou de atendimento médico, ele deve ligar para a seguradora, que informará o local onde ele deverá ser atendido. Nesse caso, a empresa do seguro arcará com as despesas. Já no caso do seguro de viagem, o viajante pode optar por qualquer local para ser atendido, mas terá que arcar com os custos do próprio bolso e, posteriormente apresentar toda a comprovação (documentos, notas fiscais, laudo médico, etc) para receber o reembolso.

É importante ressaltar que muitas seguradoras vendem os dois serviços no mesmo pacote, o que acaba sendo uma vantagem. Então, preste muita atenção na hora de contratar e leia todas as cláusulas antes de fechar negócio.

Outra dica importante: não compre o seguro apenas durante o tempo exato da viagem corporativa. Estenda a data para dois dias após a data da volta, para evitar imprevistos, como o atraso, o cancelamento de voos ou a necessidade de permanência por mais um tempo.

A importância de um seguro para viagens corporativas

Planejar qualquer tipo de viagem é necessário para que se minimize potenciais riscos, inclusive durante uma viagem a negócios. Afinal, acidentes, doenças e outros infortúnios, como o extravio de bagagens, pode ocorrer com qualquer pessoa. E dependendo do local da viagem, despesas médicas, como consultas e internações podem sair bem caro, afetando e muito o planejamento financeiro da empresa, principalmente nas de pequeno e médio portes.

Existem vários tipos de planos de seguro, que vão desde a cobertura mais básica até as mais completas, inclusive quanto ao valor financeiro coberto. A seguir, eis algumas das principais coberturas de seguros, que também podemos dizer que são vantagens para a contratação:

  • atendimento médico e odontológico 24 horas;
  • despesas farmacêuticas;
  • seguro no caso de cancelamento ou interrupção da viagem, em caso de emergência médica;
  • visita ao segurado hospitalizado;
  • acompanhante em caso de hospitalização prolongada;
  • hospedagem após alta hospitalar;
  • remarcação de passagem para regresso;
  • indenização em caso de invalidez permanente ou total;
  • assistência funeral;
  • repatriação médica e funerária;
  • indenização no caso de morte;
  • localização de bagagem extraviada;
  • indenização no caso de bagagem extraviada;
  • despesas jurídicas;
  • pagamento antecipado de fiança.

Diante de todos esses argumentos, não há como negar que o seguro de viagem deve fazer parte do orçamento de todas as viagens corporativas, para prevenir riscos e assegurar toda a assistência ao viajante caso ele precise. Esse cuidado demonstra, ainda, que a empresa se preocupa com o bem-estar e a segurança de seus colaboradores.

Quer mais informações e dicas sobre o universo de viagens corporativas? Clique aqui!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.